Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ÁGUASDOLUSO

BURRIQUEIROS,OS QUE TOCAM OS BURROS...

ÁGUASDOLUSO

BURRIQUEIROS,OS QUE TOCAM OS BURROS...

03
Jun16

ÁGUA IMPRÓPRIA

Peter

 

DSC_0016.JPG

 

N o mês de Março último escrevi numa crónica que a água da Fonte de S. João, no Luso, estava imprópria para consumo humano , como de facto estava e está, segundo o relatório da Delegação de Saúde do mês de Maio, mas não só da Delegação de Saúde, há outras fontes a confirmar o estado daquelas águas, como aliás dos tanques da piscina municipal onde os filhos dos municipes aprendem a nadar e bebem os seus “pirolitos” inadvertidamente. Parece-me grave!

A senhora Delegada limita-se a cumprir, e diga-se muito bem, as regras estabelecidas e a defender, como é sua obrigação, a saúde publica. Nesse cumprimento do dever as análises continuam hoje a indicar água imprópria para consumo na S. João e outras fontes. As amostras recolhidas continuam a apresentar residuos fecais, coliformes, bactérias que podem transmitir ao ser humano graves problemas de saúde. Saúde pública. Não saberá o executivo da autarquia de quatro edis a tempo inteiro o que se passa á sua volta ?

Não faço ideia porque razão parece preocupar-se tão pouco com o facto nem porque em vez de resolver as situações, as discute politicamente na Assembleia Municipal, pretendendo convencer que a recolha feita pela Delegação de Saúde não é correcta ,uma tentativa de tapar o sol com a peneira , quando sabem perfeitamente que o problema existe e que não podem enterrar o bico na areia como se nada fosse.

No caso do Luso, há muito se sabe que a água é contaminada por velhos saneamentos que subsistem enterrados no solo acima da nascente e a solução passa pelo levantamento total dessas velhas estruturas e pela sua substituição. Porém, embora o Luso até proporcione á autarquia um rendimento anual de mais de meio milhão de euros que dá para fazer essa e muito mais obras, a vila está completamente abandonada á sua sorte , uma quarentena imposta pela autarquia Câmara no que respeita a desenvolvimento , com um elenco de freguesia inoperante perante os problemas fundamentais da localidade, as Termas e o Turismo, e paradoxalmente ao lado da Câmara no caso da água imprópria, ou seja, para ser mais claro, a favor da água inquinada, fenómeno de facto que só a inexperiência, o disparate ou a nomeação poderão justificar. Sabemos perfeitamente com que democracia foi escolhida a Junta local nas últimas eleições e o resultado aí está !

Penso que não é desta maneira que se trata o cidadão e penso também que não é desta maneira que se defende o património reprodutivo deste concelho. No caso particular do Luso a questão não é dificil de resolver, mas penso que o presidente do actual executivo , tão espontaneo a atacar a concessionária das Termas no seu primeiro mandato, por qualquer razão politica ou não política, mudou de campo e de ideias , hoje não defende as Termas ou o Luso, defende a concessionária, ou os dois concessionários que dividem entre si a riqueza do aquifero. Ao Luso chega zero, uma vergonha !

Na realidade, abstraindo alguma actividade na área da utilização das estruturas desportivas, a Câmara, de quem aliás se esperava alguma coisa neste mandato , nada fez, não tem projectos, não tem obras , não tem estratégia ,um zero absoluto no que respeita a uma possivel retoma das termas, da hotelaria, do turismo, da própria terra .Os planos de actividade anuais refletem isso mesmo e refletem claramente a opção que se vem fazendo pela destruição do Luso-Buçaco, o cartaz turistico deste concelho feito em 150 anos de luta e de trabalho. Onde se gasta o meio milhão de euros saídos da freguesia anualmente para entrarem nos cofres municipais ? Se é que o gastam, perante a falta de transparência existente é caso para perguntar.

Depois ,o que perceberão a Assembleia Municipal e as Juntas de Freguesia de análises de águas, para colocarem em causa o trabalho da Delegação de Saúde , que é a entidade responsavel pelo zelar da saude no concelho? Quer a politiquice caseira inverter os poderes para que a senhora Delegada lhes passe a obedecer ?

Essa é a filosofia da partidarite que inundou este país e nos levou a uma divida que ultrapassa os duzentos e trinta mil milhões de euros neste momento. Para se fazer uma ideia do seu peso, ao ouro português, que nos deixou Salazar e que está espalhado na sua maioria pelo Banco de Inglaterra , do Luxemburgo, pouco no Banco de Portugal, corresponde um valor de doze mil milhões de euros,cerca de uma vigéssima parte da nossa divida publica, e se lhe juntarmos a divida privada os números dobram. Esta partidarite arbitrária mais a sua componente corrupta é a mãe deste estado calamitoso do país , os espalhou-se dos orgãos de cupula aos simples municipios e até às freguesias e somos nós, o cidadão votante, os pagadores de todos os dislates e promessas. Eu sei que os partidos são precisos, mas viciados desta maneira como se nós fossemos um rebanho silencioso, não. Há que mudar porque este não é o caminho correcto, é tão só uma politica de clientelas e mentiras.

A verdade porém, como a água vem ao cimo . E por muito que se vista o rei vai nú e a água continua imprópria. A culpa da sua inquinação, para uma Câmara e Assembleia Municipal acéptica e subserviente, está na recolha feita pela Senhora Delegada!!!

Sinceramente, isto não lembra ao diabo!!!!!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

bandeira

badge